sexta-feira, 24 de junho de 2011











quarta-feira, 22 de junho de 2011

A Oração de Maria!


Deus. Ó Deus infante. O mais precioso filho do céu. Concebido pela união da graça divina com a nossa desgraça. Durma bem.

Durma bem. Banhado pela fresca da noite cravejada de diamantes. Durma bem, pois o fogo da ira ferve bem perto. Goze do silêncio do berço, pois o ruído do tumulto se faz sentir em seu futuro. Saboreie a doce segurança de meus braços, pois chegará breve o dia em que não poderei protegê-lo.

Descansem bem, mãos pequeninas. Pois apesar de pertencerem a um rei, vocês não tocarão o cetim, não possuirão ouro. Não pegarão numa pena, não guiarão um pincel. Não, suas mãos pequeninas foram reservadas para obras mais preciosas:

tocar a chaga viva de um leproso
enxugar a lágrima triste de uma viúva,
agarrar-se ao chão do Getsêmani!

Suas mãos, tão minúsculas, tão ternas, tão brancas — fechadas hoje em forma de punho infantil. Elas não foram destinadas a empunhar um cetro nem abanar do balcão de um palácio, mas reservadas para o cravo romano que irá pregá-las numa cruz romana.

Durmam bem, olhos pequeninos. Durmam enquanto podem. Pois logo virá a claridade e você vai ver a confusão que fizemos do seu mundo.

Verá nossa nudez, pois não podemos ocultar-nos.

Verá nosso egoísmo, pois não podemos dar.
Verá nossa dor, pois não podemos curar.
Ó olhos que verão o abismo escuro e seu terrível príncipe... durmam, por favor, durmam; durmam enquanto podem.

Fique quieta, boquinha pequenina. Fique quieta boca pela qual falará a eternidade.


Língua minúscula que em breve chamará os mortos, 

que irá definir a graça, 
que silenciará nossa insensatez.

Lábios de botão — sobre os quais paira um beijo de estrelas concedendo perdão para os que crerem em você, e de morte para os que o negarem — fiquem quietos.

Pezinhos pequeninos que cabem na palma de minha mão, descansem. Pois passos difíceis estão à sua frente.

Sentem o cheiro do pó das estradas que terão de palmilhar?
Sentem a água fria e salgada sobre as quais andarão? Recuam ao sentir o prego que terão de suportar? Temem a descida íngreme pela escada em espiral até o domínio de Satanás?

Descansem, pezinhos pequeninos. Descansem hoje para que amanhã possam andar com poder. Descansem. Pois milhares irão seguir os seus passos.

Pequeno coração... coração santo... bombeando o sangue da vida através do universo: quantas vezes iremos quebrantá-lo?

Você será dilacerado pelos espinhos de nossas acusações.

Você será devastado pelo câncer do nosso pecado.
Você será esmagado pelo peso de sua própria tristeza. 
E será traspassado pela lança da nossa rejeição.

Todavia nesse ato de traspassar, nesse último rompimento de músculo e membrana, nessa precipitação final de sangue e água, Ele irá encontrar descanso. Suas mãos serão libertadas, Seus olhos verão a justiça, Seus lábios sorrirão, e Seus pés o levarão para casa.

E ali descansará de novo — desta vez nos braços do Pai.

Max Lucado

terça-feira, 21 de junho de 2011

Diamante



A química de Deus é tão perfeita
Transforma, evolui e eleva o nível
Quem viu o antes se encanta com o depois
Se pergunta : Como foi que aconteceu o impossível?
O carbono em alta temperatura
Se transforma em um lindo diamante
Pois a química de Deus têm esse efeito
Faz quem nunca teve brilho
Ser a jóia mais brilhante

É incrivelmente lindo o que Deus faz
Normalmente não existe explicação
O carbono para ser cristalizado
Fica superaquecido no calor de um vulcão
A transformação em nós é diferente
Ela sempre causa lágrimas de dor
Mas é preciso sofrer a metamorfose
Pois é de lutas e provas que se faz um vencedor

O carbono se transforma em diamante
E o néctar se transforma no mel
A lagarta se transforma em borboleta
Rompe o casulo, voa no céu
O escravo se transforma em governo
O país inteiro agora é povo seu
Para uma transformação tão grande assim existe um nome :
É química de Deus

A química de Deus acende o vulcão
Aquece o carbono, em um milagre santo lhe transforma em diamante
A química de Deus aquece o coração
Acende a esperança, faz o impossível para transformar você
Na jóia linda mais brilhante

É química, é química, é química de Deus
Que faz o elo do carbono ao diamante
É química, é química, é química de Deus
Que fez você a jóia linda mais brilhante



                                                   Damares

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Ser Especial é...


Ter um sonho que se realiza no meio de muitas tormentas, 
ter um encontro com a vida, quando ela está por te deixar, 
ter um momento de luz no meio da escuridão, 
ter humildade para voltar no caminho, 
ter sabedoria para escolher a melhor hora para seguir. 

Ser especial é... 
Ser o encontro da eternidade com seu tempo, 
ter o encontro das almas, 
ter a essência jorrando em raios por todos os poros, 
ser o encontro das águas turvas, 
com toda a beleza do mar azul, 
ser o poder das forças que une os corpos. 

Ser especial é... 
Ver que você pode seguir o caminho do meio, 
o caminho que te leva ao encontro do equilíbrio, 
o caminho que te deixa em paz com os teus, 
o caminho que te faz voltar para dentro, 
como se buscasse a luz, 
que tantas vezes te deixou na escuridão. 

Ser especial é... 
Poder sentir o amor nas veias que pulsam, 
sempre chamando e dizendo: Viva! 
É a vida que te chama sempre, 
aproveita esse momento e reflita. 
Quanto você já fez por seus sonhos, 
para encontrar a sua vida? 
Quantas lágrimas já derramou no seu caminho? 
Quantas vezes caminhou sozinho? 

Especial é ter luz, sentir a calma, 
deixar que a angústia não lhe derrube, 
ter forças para lutar. 

Ser especial é ser como você. 
Puro, com sabedoria nas palavras, 
força nos braços, lágrimas sem dor. 
É saber sorrir da tristeza quando ela te angustia, 
é saber caminhar sozinho, 
sem muletas, é saber ouvir o silêncio, 
é saber calar na multidão. 
Refletir sempre... 
Sentir infinitamente... 
Viver eternamente, e sonhar... sempre!!!



sábado, 11 de junho de 2011

Te amo meu anjo bom


"Amo como ama o amor. 
Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. 
Que queres que te diga, além de que te amo, 
Se o que quero dizer-te é que te amo?"


Te amo meu anjo bom
Meu esposo
Meu companheiro
Meu eterno namorado!

Você um presente especial de Deus
A melhor parte de mim.
Te amo além do amor e além da eternidade.

FELIZ DIA DOS NAMORADOS!!!

terça-feira, 7 de junho de 2011

Café capuccino




Ingredientes:
400 g de leite em pó
2 colheres de café de bicarbonato de sódio
4 colheres de sopa de chocolate em pó
100 g de café solúvel
22 colheres de açúcar refinado
1 pacote de preparo para chantilly 

 Modo de Preparo:
Bater no liquidificador, seguindo a ordem dos ingredientes. Guardar em recipientes bem fechados Se quiser um café capuccino mais forte, use nescafé tradicional, se quiser mais fraco utilize o matinal. Se lhe agrada, pode colocar-se um pouquinho de canela em pó. 

 Receita enviada por Chary
http://culinaria.terra.com.br/receita

Bendize ó minha alma ao Senhor!


"Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga ao seu santo nome.
Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nem um só de seus benefícios." Salmo 103.1-2

Louvor e ações de graças operam milagres, justamente quando interiormente você se sente como que encerrado numa prisão, quando tudo parece trancado e acorrentado; quando a Bíblia não mais fala ao seu coração e você mal consegue pronunciar o nome de Jesus.
Paulo e Silas louvaram a Deus quando estavam na prisão com as costas ensangüentadas. E ao orarem e cantarem louvores a Deus naquela situação, Deus lhes abriu as portas da prisão e arrebentou todos os grilhões.

Comece você também a agradecer e a louvar, não importa o tipo de "prisão" em que você se encontre. Pois enquanto cantamos e louvamos ao Senhor, Ele abre as portas das nossas circunstâncias e dificuldades.

Ele não resolve seu problema, mas liberta você do problema. E se a resposta à sua oração demorar, justamente então você deve louvá-LO!

Quando passamos por provações, as ações de graças fortalecem a nossa fé.

O louvor dos nossos lábios mostra que de fato há fé em nosso coração.

Quando você reconhece isso, por meio do louvor e ações de graça você é introduzido no mistério de ser contínua e constantemente abastecido com poder e força.

Do livro "Pérolas Diárias" (de Wim Malgo)

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Sol...


Rasgam-se as nuvens no céu estrelado,
invade-se a vontade de gritar,
o Sol mantém-se ao longe...calado,
ouvindo o som do belo luar.

A fada desperta do sono encantado,
com a sua harpa de sonho a tocar,
o sol dormindo...sonha deleitado,
vislumbrando ao longe um novo acordar

Surge então um novo céu...a nevar
de noite e durante a madrugada,
O sol mantém-se coberto a sonhar
com estrelas e com a sua amada...

Ouve-se ao longe um galo a cantar,
adivinha-se o nascer de um novo dia,
A lua vai-se embora a chorar,
mas o Sol...desperta com alegria.

A lua adormece por fim.
Mas o Sol nada leva a mal,
pois ama a Lua tanto assim,
que voltará a encontrá-la num sonho de Natal...
Desconheço autor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...